Trabalhos académicos e científicos em português sobre ODF e matérias relacionadas  >  «‘Open Document Format’: O Formato da Competitividade Emergente»


DOCUMENTAÇÃO TÉCNICO-CIENTÍFICA EM LÍNGUA PORTUGUESA logótipo IFILP

APOIO:

 

Título: «‘Open Document Format’: O Formato da Competitividade Emergente»
Autor: Prof. Doutora Sílvia Fernandes
 

As tendências mundiais na adopção do formato ODF.

 

Abstract:

Constata-se, em geral, que a disposição para transitar para um standard aberto suplanta a barreira do factor custo apontada por algumas organizações. Na verdade, estas estão a sentir, cada vez, mais o peso do volume dos seus documentos. Dada a proliferação do recurso à internet e a plataformas de negócios na web, é esperado que a natureza dos documentos tenha de ajustar-se à natureza aberta deste novo suporte dominante e do seu ambiente de transacções. Estão aqui subjacentes novas estratégias de partilha extensiva de processos e de informação. A gestão de documentos e a normalização de formatos vêm facilitar a integração de aplicações, permitindo acompanhar a crescente automação dos processos de negócio.

Além de se fazer a análise de alguns estudos recentes sobre esta tendência, é apresentado um estudo empírico que serve de base à determinação do tipo de sistemas e tecnologias de informação com maior potencial para acelerar a mesma. Dado que a natureza dos indicadores usados com maior impacto incide em condições de maior conectividade, em que existe governação electrónica, em que se realizam actividades de conhecimento, e em que se verifica confiança e inclusão social, os sistemas de informação que devem estimular estas condições de competitividade emergente estão mais associados ao potencial do e-learning, do e-government e de web-systems. A importância das tecnologias de comunicação é fundamental; daí ser imperativa a disseminação de formatos abertos, como o ODF, devido à proliferação conjunta de documentos de negócio e de acesso público. Isto tem sido enfatizado por estudos recentes, que examinam estas plataformas como aquelas de que não apenas indivíduos e empresas tiram enorme partido, mas também as próprias comunidades e regiões como um todo. À medida que este ambiente for evoluindo, os seus elementos ganharão mais conhecimento e competências, os quais valorizarão os seus bens e serviços, e promoverão maior compromisso de inclusão social.

Palavras-chave: Formato Aberto, Interoperacionalidade, Sistemas de Informação, Competitividade, Indicadores
Documento
  •   em português