O ODF  >  Passar a usar o ODF  >  Que programas usam o ODF? É necessário mudar de programas?


Informação actualizada em Janeiro de 2008

 

Não é necessário mudar de programas.

Pelo contrário, a gravação dos ficheiros no formato ODF permite ao utilizador continuar a usar os programas que possui, mas liberta-o da imposição de usar unicamente esses, dando-lhe a possibilidade de escolher e de experimentar, entre a vasta oferta de mercado, os programas que mais lhe convierem.

Actualmente, há um cada vez maior número de aplicações que já incluem o ODF — encontram-se soluções para várias plataformas, existem programas licenciados para todas as necessidades (comercial, freeware, shareware, etc.), open-source ou não.

A seguinte tabela é meramente exemplificativa.

 
Processador de texto Editor de folhas de cálculo Editor de apresentações Outros editores Plataforma
AbiWord (2.4.2 e superior) 1 x ND
ajaxWrite1 x Web
Apple TextEdit 1 x Mac
Babya bSuite 2008 1 x x x x Windows
Co-Create Office x x x x Linux, Solaris, Windows
GoogleDocs 1 x x x Web
IBM Lotus 8 Notes x x x ND
IBM Lotus Symphony Documents x x x ND
KOffice (1.5 ou superior) x x x x Linux, Unix
Microsoft Office 2 x x x x Mac, Windows
Mobile Office x x x Symbian
NeoOffice x x x x Mac
OpenOffice.org x x x x FreeBSD, Linux, Mac, Solaris, Windows
Primesharing's TeamDrive x Web
RedOffice (3.0 ou superior) x x x x ND
StarOffice x x x x Linux, Windows
Workplace x x x x Linux, Windows

1 Este programa não usa nativamente o ODF mas integra um conversor (importador/exportador).

2 Este programa não usa nativamente o ODF nem integra um conversor (importador/exportador). Para informações, consultar O que fazer quando se tem um programa que não usa o ODF?). (Ainda assim, note-se que a Microsoft comprometeu-se a adoptar o ODF durante a primeira metade de 2009).

 

Documentos e referências
  •   em inglês